fbpx Skip to main content

Empreendimentos referência em energia sustentável se destacam mundo afora

Quando pensamos em energia solar a primeira imagem que surge em nossa mente é a de placas fotovoltaicas instaladas no telhado das residências. Porém, projetos audaciosos e nos mais variados formatos em energia sustentável estão roubando a cena arquitetônica mundo afora. Além da estética, as iniciativas chamam atenção pelo alto aproveitamento energético, além de evitarem a emissão de gases poluentes e reduzirem a necessidade de energia produzida nas hidrelétricas. Ficou curioso para saber quais são eles? Acompanhe este artigo e conheça iniciativas surpreendentes  que têm impactos super positivos na construção de um futuro melhor para o nosso planeta.

Solar Powered Office Complex

foto-1Em formato de leque, esta estrutura que se assemelha a um relógio é o maior edifício comercial alimentado por energia sustentável no mundo. Localizado em Dezhou, na província de Shandong, noroeste da China, o prédio de 75 mil metros quadrados de área abriga um hotel, centros de exposição, laboratórios de pesquisa de desenvolvimento científicos e salas para reunião e treinamentos. Com uma cobertura de painéis solares de 5 mil metros quadrados, o edifício tem 95% de suas necessidades energéticas provenientes dessa fonte renovável. A cor branca adotada na fachada simboliza energia limpa, além de ajudar a refletir a luz do sol, reduzindo o calor.

Estádio de Kaohsiung, em Taiwan

foto-2Com jeitão futurístico, o estádio de Kaohsiung, em Taiwan, carrega o título de primeiro do mundo 100% movido a energia sustentável. Seu teto é recoberto por nada menos que 8.844 placas solares, que fornecem energia suficiente para as 3,3 mil lâmpadas que iluminam o estádio e mais dois telões gigantes que transmitem os jogos. O uso dessa fonte de energia renovável e limpa evita a emissão de 660 toneladas de CO2 na atmosfera anualmente.

Gemasolar: energia 24h por dia

foto-3Sistema de geração em Sevilha, na Espanha, a Gemasolar, é a primeira usina de energia solar concentrada (ESC) em escala comercial do mundo, que gera energia durante a noite ou em dias nublados. A produção de eletricidade sem a presença de luz solar resulta de uma inovadora tecnologia que usa sal fundido para estocar calor e operar 24h. Com capacidade instalada de 19,9 megawatts, a central já fornece energia para 25 mil lares na região de Andaluzia.

Sanyo Solar Ark

foto-4

Essa estrutura em forma de asa abriga desde 2002 o Museu da Energia Solar, mais conhecido como Sanyo Solar Ark. Semelhante a um arco de 315 metros de largura e 37m de altura. Localizado na Província de Gifu, no centro do Japão, o impressionante edifício possui 5 mil painéis solares e produz mais de 500 mil kWh de energia por ano. A fachada da atração, que também abriga centro de pesquisa em tecnologia solar da Sanyo, também é coberta por lâmpadas leds, que se iluminam à noite.

Pista de Nascar Solar

foto-5Essa é a maior instalação esportiva para corrida abastecida por energia sustentável do mundo. Além de fornecer energia suficiente para a instalação desportiva, o sistema, com capacidade instalada de 3MW, abastece cerca de mil casas nas proximidades. No período de um ano, cerca de cinco mil toneladas de CO2 deixaram de ser emitidos.

Sonnenschiff: um vilarejo com excedente de energia

foto-6Cinquenta e duas casas, entre residências e comércios, formam o bairro ancorado em Freiburg, na Alemanha, que se tornou referência em qualidade de vida e impacto ambiental mínimo. Situado em uma das regiões mais ensolaradas do país, o vilarejo de Sonnenschiff é capaz de produzir quatro vezes mais energia do que consome. A autossuficiência é atingida por meio do seu projeto de energia solar que utiliza painéis fotovoltaicos posicionados estrategicamente para aproveitar ao máximo a incidência dos raios de sol. Além de aproveitar a luz natural, com amplas aberturas para deixar o sol entrar nos ambientes internos, as casas ecológicas também contam com tecnologia para economizar água. Os telhados possuem sistemas de captação de água da chuva, que depois é utilizada na irrigação de jardins e nas descargas de vasos sanitários, diminuindo ainda mais o impacto no ambiente.

Ponte Blackfriars

Construída em 1886 e com 281 metros, a ponte Blackfriars, sobre o rio Tâmisa, em Londres, tornou-se a maior ponte solar do mundo. Após aproximadamente cinco anos de obra, 4.400 painéis fotovoltaicos foram instalados, totalizando seis mil metros quadrados de teto solar sobre a estação de trem de mesmo nome. Ela produz 900 mil kW/h por ano, ou seja, metade da energia demandada pela estação. Uma curiosidade: essa energia também é suficiente para fazer aproximadamente 80 mil xícaras de chá por dia (o que deixaria os ingleses muito felizes, não é verdade?). No vídeo abaixo é possível acompanhar como foi a implantação dos painéis na ponte. Aperte o play e confira!

Túnel Solar – Bégica

foto-8A estação de trem da Antuérpia, na Bélgica, tem metade de sua energia gerada a partir de painéis fotovoltaicos. Ao todo, são 1.600 painéis, formando um túnel solar com 3,2 quilômetros de extensão. A estrutura tinha como objetivo proteger os trens e evitar a queda de árvores ao redor da linha da estação. Durante a construção, porém, percebeu-se o potencial da estrutura de receber equipamentos para geração de energia sustentável, tornando o túnel duplamente sustentável.

Fazenda solar – França

energia sustentávelLocalizada na região francesa de Les Mées, a maior fazenda solar do mundo utiliza a luz do sol nos processos agrícolas, criando uma área de 200 hectares de estrutura fotovoltaica. São 112.000 módulos solares, capazes de produzir 100MW de energia. Projetada estrategicamente para realizar diversas ações sustentáveis, a fazenda fica a 800 metros acima do nível do mar e recebe altos índices de irradiação. Sua altitude ajuda na produção de até 15% a mais de energia, em relação à média mundial. A quantidade produzida seria capaz de abastecer cerca de 12 mil famílias francesas todos os meses.

E você, conhece algum outro grande projeto de energia sustentável que é considerado referência no mundo? Compartilhe com a gente nos comentários ou em nossas redes sociais!

*Com informações do Portal Exame

%d blogueiros gostam disto: